Meu Perfil
BRASIL, Sul, FLORIANOPOLIS, SACO GRANDE, Mulher, de 56 a 65 anos, Portuguese, English, Gastronomia, Livros, Moda
MSN - rosanafranca1@hotmail.com



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 Patrícia França Bijouxs
 Patrícia França Bijouxs - Elo 7 - Para compras
 Blog da Michelle Crysthina


 
COZINHAR É TUDO DE BOM!


SEGREDINHOS DA COZINHA

 

Carnes

 1.

Para que um assado fique dourado, pincele com molho de soja antes de levar ao forno.

2.

Quando você for fazer bolinhos de carnes e não tiver ovos, substitua por batata cozida

amassada. Cada ovo deve ser substituído por uma batata.

3.

Para maior garantia ao comprar carne moída, não compre a que já estiver no balcão.

Mande moer a carne na hora.

4.

Nunca compre carne em açougue que tenha luz vermelha, pois com essa luz você não

poderá perceber se a carne é fresca ou não.

5.

Os bifes não ficarão duros nem formarão água se você não temperá-los com vinagre

ou limão.

6.

Para dar uma cor dourada aos bifes, coloque na hora da fritura uma colher de sobre-

mesa de massa de tomate.

7.

Quando você fizer um assado, coloque junto no forno uma vasilha refratária cheia

de água para evitar que a carne resseque.

8.

Os bifes douram mais rápido se você colocar uma pitada de açúcar no óleo de fritura.

9.

Para tirar o cheiro e a cor escura de carnes, principalmente congeladas, é só deixar

de molho no suco de limão antes de preparar.

10.

O bife à milanesa ficará mais gostoso se você misturar a farinha de rosca com um pou-

co de manjericão picado e alguns dentes de alho, picados e amassados.

11.

O bife ficará mais macio se você juntar ao tempero um pouco de óleo.

12.

Deixe a carne assada ou o rosbife descansando por quinze minutos sobre uma tábua,

após o cozimento. Isso facilita o corte e diminui a perda de suco.

13.

Antes de fazer churrasco, deixe a carne por algum tempo num molho com sal grosso,

Coca-Cola e caldo de laranja e de limão. O churrasco ficará mais macio e gostoso.

14.

Na hora de fazer churrasco, em vez de usar gravetos ou jornais, embeba um pãozinho

em álcool, coloque o carvão por cima e acenda o fogo.

15.

Ao preparar bifes à milanesa, tempere a carne, passe na farinha de trigo, depois em

claras batidas e na farinha de rosca. A clara não deixa o óleo espumar.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 21h34
[] [envie esta mensagem] []



SEGREDINHOS DA COZINHA

Arroz

1. Lave o arroz e refogue. Coloque água fervente e deixe ferver por cinco minutos.

 

Desligue o fogo, enrole a panela com folhas de jornal e em seguida amarre com

uma toalha. Deixe a panela assim durante quinze minutos. Ao abrir, o arroz es-

tará cozido e quente.

2.

Se você esquecer-se de colocar sal no arroz e ele já estiver cozido, misture a

quantidade de sal para aquela porção em um copo de água e jogue por cima

do arroz. Leve a panela de volta ao fogo até secar.

3.

Para saber se a água do arroz que está cozinhando já secou, basta apagar o

fogo, molhar o dedo e bater no lado de fora da panela, como se faz com o fer-

ro de passar roupa. Se a panela estalar, significa que a água já secou - se não

estalar, o arroz ainda tem água.

4.

Você pode preparar uma porção de arroz para vários dias, refogando o com

bastante óleo, alho amassado e sal, até soltar da panela. Depois, guarde o ar-

roz na geladeira num recipiente de plástico ou de vidro tampado. Retire da ge-

ladeira só a quantidade que você vai usar e cozinhe normalmente.

5.

Depois que o arroz estiver pronto, faça um furo com um garfo e coloque dentro

uma colher de sopa de vinagre. Abaixe o fogo e deixe cozinhar por mais dois mi-

nutos. O arroz ficará mais soltinho.

6.

Coloque o arroz amanhecido numa panela com um pouco de água, mexa, tampe

e leve ao fogo baixo. Depois de alguns minutos ele ficará soltinho e saboroso co-

mo o arroz feito no dia.

7.

Se o arroz queimar, coloque imediatamente a panela ainda quente e com vapor

dentro de um recipiente com água fria. Após alguns minutos o cheiro de queima-

do desaparecerá. Tire o arroz da panela sem raspar o fundo que queimou.

8.

Para um rápido cozimento, faça o arroz na panela de pressão. Quando a panela

começar a chiar, deixe no fogo por dois minutos. Espere esfriar um pouco para abrir.

9.

Se você pôs muito óleo para refogar o arroz, coloque a água para cozinhar junto com

algumas folhas de alface por cima. As folhas de alface absorverão o excesso de óleo.

10.

Para esquentar o arroz já cozido, basta colocá-lo num escorredor de macarrão e levar

ao fogo dentro de uma panela com três ou quatro dedos de água. Deixe a água da pane-

la ferver durante alguns minutos para que o arroz fique quente e soltinho.

11.

Você pode também colocar a panela de arroz queimado, destampada, em cima de uma

toalha molhada. O cheiro e o gosto de queimado desaparecerão.

12.

Para desgrudar restos de arroz do fundo da panela, coloque um pouco de água e vinagre

e deixe ferver. O arroz sairá facilmente.

13.

Para tirar o excesso de umidade do arroz guardado em lata, é só colocar uma fatia de pão

seco dentro. O pão deixa o arroz seco e soltinho.

14.

O cheiro e o gosto de queimado sairão facilmente se você enfiar no arroz uma cebola cor-

tada ao meio.

15.

Para tirar o cheiro do arroz queimado, basta colocar algumas fatias de pão de fôrma por

cima e tampar a panela por alguns minutos.

16.

Você pode tirar o gosto do arroz queimado se puser um pouco do arroz da panela em cima

da pia e em seguida colocar a panela do arroz em cima do arroz tirado. Deixando assim por

cinco minutos, o gosto de queimado sairá facilmente.

17.

Você pode dar um sabor muito especial ao risoto se colocar um pouco de cravo-da-índia no

tempero.

18.

Cozinhe o arroz sempre com a panela tampada. Assim ele não perde nem o sabor nem a

consistência.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 21h23
[] [envie esta mensagem] []



RECEITAS COM CARNE MOÍDA

Carne Moída com Quiabo

Ingredientes:

½ quilo de quiabo cortado em rodelinhas
½ lata de molho de tomate refogado
1 cebola cortada em cubinhos
2 tomates cortados em cubinhos
sal e pimenta do reino a gosto
6 dentes de alho espremidos
1 tablete de caldo de carne
salsa e cebolinha picadinhos
1 quilo de carne moída
óleo

Modo de Preparo:


Refogar a carne no óleo onde o alho já foi dourado, acrescentar o

tablete de caldo de carne e deixar a carne cozinhar, soltando-a

sempre até secar o caldo. Acrescentar a cebola e os tomates em

cubinhos, a salsa e cebolinha e o molho de tomates. Provar o

tempero acrescentando sal e pimenta do reino a gosto e se ne-

cessário e reservar. Em outra panela refogar o quiabo no óleo

com sal e alho juntando ½ xícara de água e 3 colheres (sopa)

de vinagre e abafar. Somente sacudir a panela sem mexer para

não dar baba. Após o quiabo estar cozido misturar à carne moí-

da. Obs: servir com angu e arroz branco.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 20h22
[] [envie esta mensagem] []



RECEITAS COM CARNE MOÍDA

Carne Moída com Batatas

Ingredientes:

2 colheres de óleo
300 gramas de carne de primeira moída
1 cubo de caldo de galinha ou de carne
5 batatas médias cortadas em cubo
3 tomates maduros picados
1 cebola pequena picada
1 dente de alho picado
Pimenta do reino
Salsa picada

Modo de Preparo:


Fritar a carne moída no óleo, mexendo sempre. Depois de frita a carne,

acrescentar a cebola e o alho e deixar dourar. Colocar os tomates, a sal-

sa a pimenta e o cubo de caldo. Acrescentar ½ xícara (chá) de água. As-

sim que começar a ferver, deixar mais 2 minutos e colocar as batatas.

Tampar e deixar em fogo baixo até que as batatas fiquem macias.

3 porções.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 16h46
[] [envie esta mensagem] []



RECEITAS COM CARNE MOÍDA

Refogado Carne Moída Coberto Com

Molho Branco e Batata Palha

Ingredientes:

Para Refogado:

2 colheres de sopa de oleo
3 colheres de sopa de bacon picado
1 cebola picada
2 dentes de alho amassados
400g de carne moída
2 tomates médios, sem pele, picados
1/2 xícara de chá de água
sal e pimenta do reino a gosto

Para o Molho Branco:


3 colheres de sopa de margarina ou manteiga
4 colheres de sopa de farinha de trigo
2 xícaras de chá de leite (aproximadamente 480ml)
1 colher de sopa de queijo parmersão ralado
sal e noz moscada a gosto
1 pacote de batata palha (aproximadamente 100g)

 Modo de Preparo:

Para o Refogado:
Numa panela, em fogo baixo, aqueça o oleo e doure levemente o bacon. Junte a cebola e o
alho, refogue ate murchar. aumente o fogo, acrescente a carne moída e continue refogando
até ficar soltinha. junte o tamte e refogue rapidamente. adicione água e tempere com sal e
pimenta do reino a gosto. tampe a panela, abaixe o fogoe cozinhe por volta de 5 minutos ou
até o tomate começar a desmanchar.

Para o Molho Branco:
numa panela aqueça a margarina, junte a farinha e misture bem até obter uma pasta. retire
do fogo e acrescente aos poucos o leite, mexendo sempre. cozinhe em fogo brando, mexendo
sempre até obter um molho incorpado. junte o queijo e tempere com sal e noz moscada a
gosto.

Para a Montagem:
Num refratário médio baixo, com cerca de 20x30cm, distrinua o refogado de carne, cubra com
o molho branco e a batata palha. leve ao forno médio, 180 graus, pré-aquecido, por cerca
de 15 minutos ou até aquecer a preparação.
		


Escrito por Colecionadora de Receitas às 16h31
[] [envie esta mensagem] []



RECEITAS COM CARNE MOÍDA

Carne moída assada

 Ingredientes:

. 500 g de carne moída
. 1 ovo
. 1/2 xícara (chá) de azeitona verde picada
. Sal e pimenta a gosto
. Salsa picada a gosto
. 1 colher (sopa) de farinha de rosca

Acompanhamento:


. 2 cebolas roxas cortadas em rodelas finas
. Sal a gosto
. 4 colheres (sopa) de azeite
. 2 colheres (sopa) de vinagre balsâmico
. Salsa a gosto

Modo de Preparo:

Aqueça o forno a 200ºC. Em um recipiente ponha a carne, o ovo,

a azeitona, sal, pimenta, salsa, a farinha de rosca e misture bem.

Espalhe a carne em um refratário untado com óleo e leve para as-

sar durante 30 minutos. Tempere a cebola com sal, o azeite e o vi-

nagre balsâmico. Polvilhe salsa e sirva com a carne.

Dicas:

Deixe a cebola gelar por dez minutos. Seus olhos não ficarão irri-

tados ao cortá-la.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 16h04
[] [envie esta mensagem] []



RECEITAS COM CARNE MOÍDA

Bolo de Batata com carne moída

Ingredientes:

1 kg de batata cozida

Sal a gosto

2 colheres de margarina

3 colheres de maizena

1 xícara de leite

3 gemas

3 claras

Recheio:

 

Sal

Alho

Cebola

1 kg de carne moída

Milho e ervilha

4 colheres de massa de tomate

Azeite

1 xícara de água

Queijo ralado

 

Modo de Fazer:

 

Para o recheio:

Soque o alho e coloque para dourar no azeite juntamente com a cebola. Deixe ficar bem douradinho.

Acrescente a água, o caldo de carne, o sal e a massa de tomate. Acrescente a carne moída e deixe cozinhar,

não deixe ficar caldinho quando a carne estiver pronta, ela tem q ficar sequinha.

Para o purê:

Passe a batata ainda quente pelo espremedor. Aqueça o leite e disssolva a maizena nele.

Acrescente à batata espremida: as gemas, a margarina, o leite com a maizena dissolvida.

Bata as claras em neve e acrescente. Leve a mistura ao fogo médio e mexa sem parar por 6 minutos

Tire o purê do fogo.

Montagem do bolo:


Unte um refratário médio com um pouquinho de margarina. Coloque metade do purê que vc acaba de tirar do fogo, mas

Não coloque uma camada muito fina. Coloque a carne moída. Polvilhe queijo ralado por cima. Leve ao forno médio por 30 minutos

Está pronto.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 15h57
[] [envie esta mensagem] []



RECEITAS COM CARNE MOÍDA

Carne moída a parmegiana

Ingredientes:

1 kg carne moída

2 cebolas picadas

2 tomates picados

Sal a gosto

Cebolinha verde

Salsinha

óleo

Orégano

2 ovos

Farinha de rosca

Queijo mussarela

 

Modo de Preparo:

Despeje numa tigela a carne moída, o sal, a cebola, o tomate,

a salsinha e a cebolinha verde e mexa bem. Faça bifes e passe

cada um no ovo e farinha de rosca e frite. Depois dos bifinhos

fritos coloque numa travessa que possa ir ao forno com o queijo

por cima. Por último faça um molho com cebola, tomate e massa

de tomate e despeje por cima do queijo, e a gosto o orégano.

Ponha no forno para derreter o queijinho.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 14h43
[] [envie esta mensagem] []



RECEITAS COM CARNE MOÍDA

Arroz de Forno

Ingredientes:

500g de carne bovina moída
1 cebola média picada
2 dentes de alho picados
1 colher (chá) de mostarda
3 colheres (sopa) de óleo
sal e pimenta do reino
2 xícaras de arroz cozido
1 xícara de leite
fatias de pão (pão de forma)
6 colheres (sopa) de maionese
1/2 xícara de azeitonas verdes picadas
1 xícara de queijo mussarela ralado
1/2 xícara de queijo parmesão ralado

Modo de fazer:

Numa panela coloque o óleo, frite a cebola, depois o alho,

junte a carne e frite até dourar, adicione a mostarda, a pi-

menta, o sal, misture e reserve. Unte uma forma (com pou-

co óleo), coloque a metade do arroz, cubra com a metade da

carne. Amoleça o pão no leite e coloque sobre a carne, espalhe

a maionese, distribua as azeitonas e faça mais uma camada

com o restante do arroz, termine com  carne, a mussarela e o

parmesão. Asse em forno pré-aquecido (200° C) por uns 20 mi-

nutos ou até gratinar.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 23h38
[] [envie esta mensagem] []



RECEITAS COM CARNE MOÍDA

Spaghetti com Almôndegas

 

Ingredientes:

500g de massa spaghetti
500g de carne moída
3 fatias de pão de fôrma sem casca
1/4 de xícara de leite
50 g de bacon moído
1 ovo
2 colheres (sopa) de manteiga em temperatura ambiente
4 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
1 1/2 colher (sopa) de suco de limão taiti
1/2 colher (chá) de noz-moscada ralada
sal e pimenta-do-reino
1 xícara de farinha de trigo
óleo para fritar
para o molho de tomate
1 lata de tomate pelado
3 colheres (sopa) de azeite de oliva
2 dentes de alho amassados
4 xícaras de água
sal e pimenta-do-reino

Modo de fazer:

Numa tigela pequena coloque o pão e o leite, reserve. Numa tigela

grande misture a carne, o ovo, o bacon, o parmesão, a manteiga, o

suco do limão, o sal, a pimenta e a noz-moscada. reserve. Elimine o

excesso do leite e junte o pão à carne, amasse, separe pequenos peda-

ços e faça bolas, passe na farinha, frite em óleo quente até ficarem

marrom, escorra, reserve. Numa panela, aqueça o azeite, frite o alho 

rapidamente, adicione os tomates, o caldo da lata e cozinhe até come-

çarem a desmanchar, adicione o sal, a pimenta, a água, diminua o fogo,

junte as almôndegas e cozinhe até o molho engrossar. Cozinhe, escorra a

massa e sirva com o molho e as almôndegas.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 20h00
[] [envie esta mensagem] []



RECEITAS COM CARNE MOÍDA

Bolo de Carne

Ingredientes:

500g de carne bovina moída
1 ovo
3/4 xícara de leite
1/4 xícara de cebola bem picada
2 colheres (sopa) de salsa
1/2 xícara de migalhas de pão
uma boa pitada de noz moscada
sal e pimenta do reino
1/4 xícara de catchup
2 colheres (sopa) de açúcar mascavo
1 colher (sopa) de mostarda

Modo de fazer:

Numa tigela coloque o pão de molho no leite, reserve. Em outra tigela

misture a carne, o ovo, a cebola, a salsa, a noz moscada, a pimenta e

o sal, adicione o pão (amasse para retirar o excesso do leite) e mistu-

re bem. Coloque em uma fôrma pequena e alta e asse em forno médio

(200° C) pré-aquecido por 40 minutos (se for necessário retire o exces-

so de líquido da fôrma),  coloque sobre o bolo a cobertura e asse por

mais 10 minutos. Para a cobertura misture o catchup, o açúcar e a

mostarda.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 19h51
[] [envie esta mensagem] []



RECEITAS COM CARNE MOÍDA

Berinjela recheada com Carne Moída
  
Ingredientes:


400 g de carne moída
1 beringela

1 cebola
1 dente de alho
1 lata pequena de cogumelos laminados
Vinho branco
Azeite
Sal
Pimenta
Queijo ralado

Modo de Preparo: 

1. Comece por fazer um refogado no azeite com a cebola e o

    alho picados.

2. Tempere a carne com sal e pimenta.

3. Abra a beringela ao meio e retire o recheio com um colher

    (optei por não aproveitar).

4. Tempere com sal o interior das carcaças da beringela.

5. Quando a cebola estiver lourinha adicione a carne e os co-

     gumelos, deixe cozinhar um pouco e regue com vinho branco.

6. Deixe ao lume até a carne estar cozinhada, destapado que é para o molho ir secando.
7. Recheie as carcaças da beringela com a carne.

 

8. Polvilhe com bastante queijo ralado, coloque numa forma (porque vão largar algum

    molho) e leve ao forno até o queijo estar derretido e dourado.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 19h40
[] [envie esta mensagem] []



RECEITAS COM CARNE MOÍDA

Hamburguer Acebolado

Ingredientes:

500g de carne bovina moída
5 pães de hamburguer
5 fatias de queijo cheddar
4 cebolas médias cortadas em rodelas
2 colheres (sopa) de manteiga
1 colher (sopa) de molho de soja
sal e pimenta do reino

Modo de fazer:

Numa tigela coloque a carne, tempere com o sal e a pimenta,

faça 5 bolas e modele como hamburguer, frite com pouco óleo

dos 2 lados, reserve. Na mesma panela dos hamburguers, colo-

que as cebolas, o molho de soja e frite até as cebolas ficarem ma-

cias e douradas. Corte o pão, coloque a carne, o queijo, as cebolas

e a outra metade do pão. Sirva quente.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 19h15
[] [envie esta mensagem] []



RECEITAS COM CARNE MOÍDA

Rocambole de Carne Moída

Ingredientes:

1 kg de carne bovina moída
1 ovo
1/2 xícara de farinha de rosca
1 xícara de vagem cozida e picada
1/2 xícara de cenoura cozida e picada
6 fatias de bacon
1/3 xícara de queijo parmesão ralado
2 ovos cozidos e picados
2 colheres (sopa) de salsa picada
sal e pimenta do reino

Modo de fazer:

Numa tigela grande coloque a carne, o ovo, a farinha, misture,

adicione a salsa, o sal e a pimenta. Numa superfície plana e so-

bre papel alumínio, espalhe a carne, coloque no centro a vagem,

a cenoura, os ovos, o bacon, polvilhe o parmesão, enrole bem e

asse em forno pré-aquecido por uns 30 minutos, retire o papel

alumínio e volte ao forno para dourar. Sirva quente.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 19h01
[] [envie esta mensagem] []



RECEITAS COM CARNE MOÍDA

Burritos de Carne com Chili

Ingredientes:

12 tortilhas prontas
1 kg de alcatra moída
3 colheres (sopa) de óleo
1 colher (sopa) de orégano
1 folha de louro
1 colher (chá) de cominho
1 colher (chá) de tomilho
1 xícara de leite
1 tomate grande cortado em cubos pequenos
4 folhas de alface cortadas em tiras
1 cebola pequena picada
2 xícaras de feijão com chili

Modo de fazer:

Numa panela grande coloque o óleo, frite a carne, adicione o orégano,

o louro, o cominho, o tomilho, o sal, misture, junte o leite e cozinhe sem

parar de mexer até o leite reduzir. Numa frigideira antiaderente aqueça

a tortilha até dourar, retire do fogo, coloque a carne, um pouco do feijão

com chili, do tomate, da cebola e do alface, dobre ao meio ou enrole como

panqueca. Sirva quente.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 23h47
[] [envie esta mensagem] []



RECEITAS COM CARNE MOÍDA

Farfalle com Almôndegas e Pesto Genovês

Ingredientes:

500g de massa farfalle
1 xícara de pesto genovês
500g de carne moída
3 fatias de pão de fôrma sem casca
1/4 de xícara de leite
1 ovo
2 colheres (sopa) de manteiga em temperatura ambiente
4 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
1 1/2 colher (sopa) de suco de limão taiti
1/2 colher (chá) de noz-moscada ralada
sal e pimenta-do-reino
1 xícara de farinha de trigo
óleo para fritar

Modo de fazer:

Numa tigela pequena coloque o pão e o leite, reserve. Numa tigela

grande misture a carne, o ovo, o parmesão, a manteiga, o suco do

limão, o sal, a pimenta e a noz-moscada. reserve. Elimine o excesso

do leite e junte o pão à carne, amasse, separe pequenos pedaços e

faça bolas, passe na farinha, frite em óleo quente, escorra e coloque

sobre toalhas de papel. Cozinhe, escorra a massa e coloque junto

com as almôndegas numa panela grande, leve ao fogo, adicione o

pesto e misture. Sirva em seguida.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 23h41
[] [envie esta mensagem] []



RECEITAS COM CARNE MOÍDA

Churrasco de Pinhão no Forno

Este prato também pode ser assado em uma grelha na brasa.

Ingredientes:

500g de carne moída
500g de carne de porco moída
4 xícaras de pinhão cozido e moído
1 cebola grande bem picada
2 dentes de alho
sal e pimenta-do-reino

Modo de fazer:

Numa tigela grande misture todos os ingredientes, coloque numa fôrma

untada e asse em forno pré-aquecido (250ºC) por uns 40 minutos. Sirva

quente. Usei o liquidificador para moer o pinhão.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 23h38
[] [envie esta mensagem] []



RECEITAS COM CARNE MOÍDA

Quibe de Carne

Ingredientes:

1kg de carne moída
500g de farinha de trigo para quibe
3 xícaras de água quente
2 cebolas médias bem picadas
hortelã picada a gosto
sal e pimenta síria
óleo para fritar

Modo de fazer:

Coloque o trigo numa tigela grande, adicione a água, reserve por

no mínimo 10 minutos e retire o excesso da água. Numa outra tige-

la misture a carne com a cebola, a hortelã, o sal e a pimenta, junte

o trigo, modele, frite em óleo quente, escorra e coloque sobre toalhas

de papel. Sirva quente. Pode ser acompanhado de limão taiti e molho

de gergelim.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 23h32
[] [envie esta mensagem] []



RECEITAS COM CARNE MOÍDA

Polenta com Molho de Carne Moída

Ingredientes:

4 xícaras de farinha de milho
4 xícaras de água
4 xícaras de caldo de carne
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
para o molho
500g de carne moída
1 cebola média picada
2 dentes de alho picados
3 colheres de extrato de tomate
2 colheres (chá) de manjerona
2 xícaras de água
sal e pimenta-do-reino
queijo parmesão ralado para polvilhar

Modo de fazer:

Numa tigela misture a farinha com 4 xícaras de água. Numa panela

coloque o caldo, quando ferver, junte a farinha e com uma colher de

pau, mexa sem parar até ferver e cozinhar por mais uns 5 minutos,

retire do fogo, coloque na fôrma que vai ao forno e cuide para que

fique bem lisa. Para o molho, numa panela coloque o azeite, frite a

cebola, depois o alho, em seguida a carne, quando dourar, junte o

extrato de tomate, a manjerona, o sal, a pimenta, misture, coloque

a água e cozinhe até o molho engrossar. Cubra a polenta com o mo-

lho, polvilhe o parmesão e asse em forno pré-aquecido (180ºC) até

gratinar.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 23h28
[] [envie esta mensagem] []



RECEITAS COM CARNE MOÍDA

Hamburguer com Bacon, Cream-Cheese e Cebolinha

Um lanche fácil e rápido.

Ingredientes:

4 pães de hambúrguer
4 colheres (sopa) bem cheias de cream cheese
4 colheres (sopa) de cebolinha
8 fatias de bacon
para o bife
5oog de carne moída
1 cebola roxa pequena picada
2 colheres (sopa) de cebolinha picada
sal e pimenta-do-reino

Modo de fazer:

Numa tigela misture a carne, a cebolinha, a cebola, o sal e a pimenta,

modele, frite numa panela bem quente com um pouco de óleo ou grelhe, 

também grelhe ou frite o bacon. Numa outra tigela misture o cream cheese,

a cebolinha e um pouco de sal, reserve. Corte o pão ao meio, coloque o bacon,

depois o bife, cubra com o cream cheese e por último a outra metade do pão.

Sirva em seguida.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 23h22
[] [envie esta mensagem] []



RECEITAS COM CARNE MOÍDA

Bolo de Carne com Maionese

Fácil, rápido e as crianças adoram.

Ingredientes:

1 kg de carne moída
1 pacote (68g) de sopa de cebola
8 colheres (sopa) de maionese
4 colheres (sopa) de cebolinha picada
queijo parmesão ralado para polvilhar
sal e pimenta-do-reino

Modo de fazer:

Misture a carne com a sopa de cebola, a cebolinha, o sal e a pimenta,

coloque numa fôrma untada, cubra com a maionese e por último pol-

vilhe o parmesão, asse em forno pré-aquecido (180ºC) por uns 30 mi-

nutos. Sirva quente.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 23h18
[] [envie esta mensagem] []



RECEITAS COM CARNE MOÍDA

Bolo de Carne com Mussarela

Ingredientes:

1 kg de carne moída
2 xícaras de pão picado
1/2 xícara de leite
1 cebola  média ralada
2 ovos
1 colher (sopa) de orégano
2 xícaras de queijo mussarela ralado
1 tomate médio cortado em rodelas
sal e pimenta-do-reino

Modo de fazer:

Numa tigela grande misture a carne com o pão, junte o leite, a cebola,

os ovos, a pimenta e o orégano, misture novamente e numa fôrma colo-

que metade da carne, cubra com a metade da mussarela e termine com

o restante da carne, asse em forno pré-aquecido (180ºC) por uns 30 mi-

nutos, retire do forno, cubra com o restante da mussarela, espalhe as fa-

tias de tomate e leve novamente ao forno para gratinar. Sirva quente.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 23h13
[] [envie esta mensagem] []



RECEITAS COM CARNE MOÍDA

Almondegas com Molho Escuro

Ingredientes:

500g de carne moída
1/2 xícara de farinha de pão (farinha de rosca)
1 colher (sopa) de manteiga
1 ovo
noz moscada a gosto
1 colher (sopa) de suco de limão
sal e pimenta-do-reino
1/4 xícara de farinha de trigo
para o molho
2 cebolas médias picadas
1 colher (sopa) de óleo
1 colher (sopa) de molho de soja
1 xícara de vinho tinto seco
3 xícaras de caldo de carne
1 colher (sopa) de molho inglês tipo worcestershire
2 colheres (sopa) de farinha de trigo dissolvida em 1/2 xícara de água

Modo de fazer:

Numa tigela grande coloque a carne, o ovo, a farinha de pão, a manteiga,

o suco do limão, a noz moscada, o sal, a pimenta, misture, faça bolas, pas-

se pela farinha, frite em óleo quente, escorra e reserve. Para o molho, numa

panela grande coloque o óleo, frite a cebola até dourar, adicione o molho de

soja e continue fritando até fcar marrom, coloque o vinho, espere reduzir, adi-

cione o caldo, o molho inglês, misture, junte as almôndegas, cozinhe até o mo-

lho reduzir pela metade, coloque a farinha dissolvida na água, misture e conti-

nue cozinhando até o molho engrossar. Sirva quente



Escrito por Colecionadora de Receitas às 23h08
[] [envie esta mensagem] []



RECEITAS COM CARNE MOÍDA

Fácil e as crianças adoram.

Bife de Hamburguer com Mussarela e

Molho de Tomate no Forno

Ingredientes:

 

1kg de carne moída
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
8 fatias de queijo mussarela
2 xícaras de molho de tomate
sal e pimenta-do-reino

Modo de fazer:

Tempere a carne com o sal, a pimenta e o azeite, molde 8 bifes, frite rapidamente em uma panela quente até dourar dos 2 lados (usei o grill elétrico), coloque na fôrma que vai ao forno, cubra com a mussarela, adicione o molho e leve ao forno pré-aquecido (250ºC) por uns 20 minutos. Sirva quente.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h43
[] [envie esta mensagem] []



RECEITAS COM CARNE MOÍDA

Fácil e as crianças adoram.

Sanduíche de Forno com Recheio de Carne Moída

Ingredientes:

4 pães tipo francês
3 xícaras de recheio de carne moída
1/2 xícara de leite
4 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado ou
de farinha de pão (farinha de rosca)

Modo de fazer:

Corte os pães ao meio no sentido horizontal, retire um pouco do miolo, depois molhe

com o leite, coloque o recheio, a outra metade do pão, polvilhe com o parmesão ou a

farinha e asse em forno pré-aquecido (200ºC) por uns 15 minutos ou até o pão dourar

e ficar crocante. Sirva quente.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h36
[] [envie esta mensagem] []



A HISTÓRIA DO HAMBURGUER III

Foi nessa época que o cartunista americano Elzie Segar (1894-1938) acrescentou

mais um personagem a suas tiras do Popeye, o marinheiro que gostava de espina-

fre. J. Wellington Wimpy - Pimpão, no Brasil - ficou famoso pelo seu insaciável ape-

tite por hambúrgueres. Uma vez, Popeye ganhou 20 mil dólares apostando que Wim-

py não agüentaria dez minutos com um hambúrguer na mão sem comê-lo. O esfomea-

do personagem segurou-o por 9 minutos e 50 segundos. Em 1937, os irmãos Dick e Mau-

rice Mc Donald abriram um pequeno drive-in na cidade de San Bernardino na Califórna,

e revolucionaram o mundo do fast-food. Como todos os outros, eles serviam lanches rápi-

dos para clientes apressados. O drive-in era também o ponto de encontro dos adolescentes

da cidade. Por causa dessa clientela, os drive-ins eram identificados como focos de confu-

são que afugentavam as famílias de respeito. Para mudar essa imagem, em 1948, os irmãos

Mc Donald reformularam a loja. Sem garçonetes servindo no carro, a lanchonete perdeu par-

te do seu apelo para os adolescentes mas em compensação conquistou as famílias. Logo deze-

nas de pequenos empresários começavam a imitar o novo conceito de lanchonete.

A partir dos Estados Unidos, o hambúrguer conquistou o mundo. A rodela de uns 50 gramas de

carne moída entre duas metades de pão redondo, coberta ou não de queijo, acompanhada ou

não de alface e tomate, pode ser encontrada em lugares tão distantes entre si como a Austrália

e a Áustria, a Jamaica e o Japão. É impossível saber quantos hambúrgueres são consumidos to-

dos os dias no planeta, mas a rede McDonald's calculou os que saem de suas cozinhas. O resultado

é assombroso: 12.528.000 hambúrgueres cada vez que a Terra dá uma volta completa em redor de

seu eixo ou 145 por segundo.

As lanchonetes começaram a chegar ao Brasil em 1952, quando o tenista americano Robert Falkem-

burg fundou o primeiro Bob's em Copacabana, no Rio. Três anos mais tarde, o empresário Flávio Ga-

lante abria em São Paulo os seus Hot-Dogs, lanchonetes destinadas a atrair o público dos cinemas da

região da rua Augusta. Como no resto do mundo, também aqui o hambúrguer entrou para a linha de

montagem. Com um sistema de licenciamento que permite a proprietários de lojas usar uma marca

conhecida, desde que sigam os padrões de qualidade da firma original, algumas lanchonetes dispõem

até de computadores que programam o tempo de duração da fritura. De acordo com as regras do Depar-

tamento de Agricultura dos Estados Unidos, a carne de hambúrguer deve ser fresca, com até 30 por cen-

to de gordura.

Fonte: Superinteressante



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h15
[] [envie esta mensagem] []



A HISTÓRIA DO HAMBURGUER II

O hamburger, de fato, deve a sua popularidade às características da

sociedade que o acolheu. A partir do início do século, as massas de tra-

balhadores americanos necessitavam de algum tipo de alimento rápido,

prático e barato e - adequado, em suma, ao ritmo da explosão industrial

do país.

Só faltava inventar uma fórmula para aproveitar esse mercado em expan-

são. Foi fácil. Antes ainda da Feira Mundial de Saint Louis, os americanos

já conheciam o carrinho de sorvetes e hot-dogs - a versão americana da sal-

sicha, também trazida por imigrantes alemães. Mas foi somente em 1921 que

surgiu a primeira cadeia de lanchonetes do país, chamada White Castle.

Vendia-se nelas um hambúrguer cozido no vapor e cheio de cebola. O prato

talvez não fosse especialmente apetitoso, mas seu preço com certeza era: 5

centavos de dólar. Pelo seu efeito laxativo, ganharam o apelido de "escorre-

gadores".

As pequenas lanchonetes da época de 20 eram apenas lugares onde os fregue-

ses sentavam ao balcão. Um ou dois funcionários faziam de tudo desde virar

os hambúrgueres na chapa até registrar as vendas. Muito diferentes foram os

drive-ins dos anos 30. Pátios de estacionamento grandes e de fácil acesso subs-

tituíram a pequena área de serviço na calçada, e garçonetes em tempo integral

serviam os esfomeados motoristas. A idéia prosperou - garçonetes até foram su-

bstituídas por moças sobre patins. Logo, os clientes faziam pedidos usando tele-

fones em carabinas nos estacionamentos.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h13
[] [envie esta mensagem] []



A HISTÓRIA DO HAMBURGUER I

Origem do bife de carne moída e como se

espalhou rapidamente por todo o mundo

Levado aos Estados Unidos pelos imigrantes alemães do fim do século XIX,

o bife de carne moída logo conquistou o público americano. Depois, já sob

a forma de sanduíche, ganhou o mundo e virou um símbolo.

 O ano é 1904. Os Estados Unidos se transformam rapidamente na maior

potência industrial do planeta. O novo século promete paz e prosperida-

de para os americanos.

Esse clima de afluência e otimismo vai se refletir na feira mundial de Saint-

Louis, capital do Missouri, no meio-oeste do país. Ali, multidões tomam con-

tato pela primeira vez com uma iguaria que trinta anos mais tarde viria a ser

quase um verdadeiro sinônimo de Estados Unidos: o hambúrguer.

O hambúrguer descobriu a América na segunda metade do século XIX, trazido

pelas levas de imigrantes alemães embarcados no porto de Hamburgo, razão

pela qual seu primeiro nome no Novo Mundo foi hamburg steak. Era uma comi-

da rústica. Os primeiros a apreciá-la nos Estados Unidos foram os marinheiros

que aproveitavam a carne entre dois pedaços de pão para mastigar algo enquan-

to trabalhavam. Suas origens, no entanto, podem ser encontradas no passado re-

moto. Durante os séculos XII e XIII, a Europa conheceu as invasões dos chamados

mongóis. Na verdade, entre os povos que se agrupavam sob essa denomina-ção es-

tavam os tártaros, tribos nômades guerreiras que habitavam as estepes russas. Os

tártaros introduziram na Europa a técnica de moer a carne dura e de má qualidade

para torná-la mais digerível. Diz a lenda que os cavaleiros tártaros costumavam le-

var a carne crua embaixo da sela quando galopavam em suas incursões guerreiras.

Na hora de comer, o bife tártaro já tinha se torna-do uma pasta. O que se sabe com

certeza  é que os tártaros foram os que apresentaram o hambúrguer aos hamburgue-

ses. Esses ficaram com a fama de terem sido dos do futuro sanduíche. "Dize-me o que

comes e te direi quem és", escreveu em 1826 o gastrônomo francês Antoine Brillat-Sa-

varin (1755-1826).



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h11
[] [envie esta mensagem] []



RECEITAS COM CARNE MOÍDA

Panqueca Integral com Recheio de Carne,

Abobrinha Italiana e Pimentão

Ingredientes:

2 xícaras de farinha de trigo integral
2 ovos
2 xícaras de leite
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
sal
para o recheio
500g de carne moída
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 abobrinha italiana média picada
1 pimentão pequeno vermelho picado
1 cebola média picada
sal e pimenta-do-reino

Modo de fazer:

Numa panela coloque o azeite, frite a cebola, depois a carne até dourar, junte a abobrinha, o pimentão, a pimenta, o sal, misture e cozinhe até secar, reserve. Para as panquecas, bata no liquidificador todos os ingredientes até ficar homogêneo. Numa frigideira antiaderente, coloque um pouco de óleo, derrame a massa (a quantidade vai depender do tamanho da frigideira), frite de um lado até dourar e vire para fritar do outro, retire do fogo, recheie, enrole, mantenha aquecido até enrolar todas. Servi com o molho de tomate e ricota. Sirva quente.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h07
[] [envie esta mensagem] []



ARROZ COM POLVO

INGREDIENTES:

2 e ½ xícaras (chá) de arroz lavado
3 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 colher (café) de páprica doce
1 pimentão vermelho sem sementes e cortado em quadradinhos
2 tomates, sem peles e sem sementes
1 cebola média picada
1 dente de alho amassado
1 batata grande
2 folhas de louro
2 quilos de polvo
sal à gosto

MODO DE PREPARO:


Primeiro, sovar bem o polvo com uma tábua de carne.

Dez a quinze vigorosas pancadas. Depois, lavar bem

em água corrente. Colocar uma panela grande com

água e sal no fogo forte. Quando começar a ferver,

espetar o polvo com um garfo e mergulhar na água

quente. Repetir esta operação de mergulhar e levan-

tar o polvo umas 4 ou 5 vezes. Depois, deixar o polvo

na panela e juntar a batata. Quando a batata estiver

cozida, o polvo deve estar pronto. Desligar o fogo e

deixar o polvo na água quente mais 30 minutos. Reti-

rar o polvo cozido, jogar a batata fora (pois ela foi usa-

da só como meio de saber quando o polvo está pronto).



Escrito por Colecionadora de Receitas às 19h31
[] [envie esta mensagem] []



YAKISOBA COM BEE GEES



Escrito por Colecionadora de Receitas às 00h30
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 00h27
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 00h15
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 00h08
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 00h05
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 00h00
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 23h13
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 23h04
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 23h00
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h58
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h57
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h55
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h54
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h53
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h52
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h51
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h50
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h49
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h47
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h33
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h32
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h31
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h30
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h28
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h26
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h25
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h22
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h21
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h16
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h13
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h08
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h02
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 22h01
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 21h58
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 21h54
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 21h48
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 21h09
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA



Escrito por Colecionadora de Receitas às 21h06
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA

 

 



Escrito por Colecionadora de Receitas às 20h27
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA

Temaki

1º passo - Complete metade de um nori (alga) com arroz. 

O nori você pode comprar em lojas especializadas

2º passo - Primeira camada crispi. A casquinha não dá sabor,

mas a sensação de degustar algo crocante é sensacional! Ela é

feita com a sobra da casquinha dos harumakis, ou rolinho pri-

mavera, como preferir

3º passo - Coloque uma camada de salmão bem picadinho.

A textura da foto se dá devido a presença do cream cheese

na mistura

4º passo - Nada de economizar no crispi! Mais uma camada...

5º passo – Parece complicado, mas nada como praticar.

Coloque a alga aberta na mão e enrole com cuidado.

Segundo o sushiman, o segredo é não exagerar no recheio

Hum... ficou com água na boca? Ataque de sushiman!

Só não esqueça de nos contar como foi a experiência.

 

Nada de sushis e sashimis. Os queridinhos dos festivais

de comida japonesa são os temakis. Não é a toa que no

Brasil, diferente de outros lugares do mundo, o temaki

ganhou restaurantes exclusivos só para ele.

Temaki nada mais é do que um tipo de sushi gigante, com

ingredientes e tamanhos diferenciados. É enrolado com as

mãos e sua forma é de cone. Para dar estrutura, coloca-se

arroz. Para dar sabor usamos, peixes, legumes, cream chesse,

morangos, siri... E o que mais sua imaginação mandar!  

 



Escrito por Colecionadora de Receitas às 20h07
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA

Aprenda a preparar o Shimeji

Lave delicadamente o shimeji em cachos

Em seguida, separe-os pegando pela cabeça do cogumelo

e puxando, até que fiquem soltos

Pré-aqueça a panela. Coloque as duas colheres de manteiga.

Espere a manteiga derreter

Assim que estiver bem derretida, coloque todo o shimeji

Coloque as três colheres de água bem devagar

No início os cogumelos têm a aparência de estarem secos,

mas com o tempo soltam água

Mexa um pouco para auxiliar nesse processo de soltar a

água e depois secar novamente

Quando estiverem quase secos adicione a cebolinha

Mexa um pouco para que a cebolinha se misture com o shimeji

Agora, adicione o shoyu (você pode colocar um pouco mais,

ou menos de molho shoyu. Dessa forma é possível controlar

o sabor mais ou menos salgado do prato)

Mexa mais um pouco

Deixe cozinhar por aproximadamente um minuto até que

eles fiquem mais macios

Coloque em um recipiente

E está pronto para ser servido.

Quem nunca ouviu falar nessa espécie de cogumelo chamado shimeji,

não sabe o que está perdendo. Além de ser muito saboroso, esse alimen-

to, com valores nutricionais elevados e poucas calorias, é muito consu-

mido na China e no Japão e começa a ganhar destaque em terras brasi-

leiras.

Alguns estudos comprovaram que o shimeji é um dos alimentos mais in-

dicados para fazer parte de uma dieta funcional. Ele é rico em fibras e

vitaminas, auxilia no sistema imunológico e cardiovascular e ainda tem

ação antiinflamatória e antiviral. Além de todos esses benefícios alguns

cientistas afirmam que esse poderoso alimento previne também determi-

nados tipos de câncer.

O shimeji cresce em troncos de árvores em decomposição. Mas há quem

produza o cogumelo em maior escala dentro de estufas especiais. Fresco

ou em conserva, o shimeji pode ser encontrado em lojas especializadas em

produtos orientais, mercados municipais, feiras e alguns supermercados.

 

Ingredientes:

- 200g de shimeji fresco

- 2 colheres (sopa) de manteiga;

- 2 colheres (chá) de molho shoyu;

- 3 colheres (sopa) de água;

- Cebolinha picada a gosto.

 

 



Escrito por Colecionadora de Receitas às 19h49
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA

Materá

Você vai precisar entre 07 e 8 sashimis de salmão para fazer o Materá

No restaurante, eles usam essa caixa de madeira para fazer o materá.

Em casa, você pode usar um pote de plástico. Passe o filme.

Coloque entre 7 e oito fatias de sashimis

Coloque uma camada de cream cheese bem caprichada

Coloque arroz sobre a cama da sashimi

Sobre o arroz, coloque uma camada de salmão picado

Coloque mais uma camada de arroz... e mais uma de salmão

Passe outra camada de filme sobre o peixe. Use uma madeira

para prensar o materá

Puxe o materá com a ajuda do filme. Ele vai ficar da maneira

que está a foto

Fatie o materá e sirva-o da maneira que achar melhor.

Uma opção, é colocar um pouco do molho tarê.

Desvendamos o segredo do prato mais quadrado do festival.

 

Existem alguns pratos da culinária japonesa que são muito conhecidos,

como o sashimi, o hot holl e os temakis. E existem outros que você nunca

lembra o nome quando quer pedir. É o caso do materá. Caso você seja um

frequentador de festivais já deve ter visto um quadrado desse pela sua mesa.

Trata-se de um prato constituído por salmão, cream cheese e arroz. A diferença

é que para fazê-lo o sushiman utiliza um caixinha de madeira. É ela quem dá a

forma quadradinha desse prato. O mais legal, é que você pode adaptar qualquer

pote retangular que você tenha na sua casa.

Agora que você já descobriu o nome desse quadradinho, o que está esperando para

colocar a mão na massa, ou melhor, no sushi, e partir para a cozinha? Veja nas fotos

acima o passo a passo de como montar este delicioso prato.

 



Escrito por Colecionadora de Receitas às 19h19
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA XXXXIII

Dinamite Comestível 

Corte o salmão de forma que fique com medida aproximada

de 5cm x 18cm

O salmão que foi cortado do pedaço da barriga é novamente

cortado em quadradinhos

Após o corte, o salmão ficará desta forma

Salmão é colocado na esteira e coberto com uma pequena

camada de alga

O salmão, a alga e o arroz recebem o recheio de salmão

picado com cebolinha e cream cheese. Uma dica é substituir

o salmão pelo camarão

O salmão fecha todo o recheio e fica em formato de dinamite.

Agora, basta enrolá-lo no sudarê (esteira)

No sudarê, a dinamite ganha sua perfeita forma e aguarda

a próxima etapa

Após ser retirado do sudarê (esteira), o sushi aguarda

para ser cortado. Ele pode ser servido desta forma ou

frito com a ajuda de um maçarico. Acrescente gergelim

ou apenas cebolinha

A dinamite é cortada para ser servido

Agora é só aproveitar e degustar essa deliciosa dinamite no balcão.

“Prato bomba” é especialidade em restaurante de São Paulo.

Cada restaurante japonês trás algum tipo de especialidade e jeito próprio

de servir. Adaptá-los é uma forma de manter a clientela e agradar os mais

exigentes. Por isso, não tenha medo de arriscar, combinar e acrescentar

ingredientes da sua cozinha no seu prato. Essa é uma das partes mais di-

vertidas de ser sushiman!

Nós descobrimos um restaurante que, para agradar, inventou uma verda-

deira dinamite. Calma, não pretendemos explodir nada! Para não perder

uma cliente fiel - e que não gostava de alga - o sushiman do restaurante

Nori criou um prato sem ela. Por parecer um explosivo, o prato ganhou

o nome de dinamite.

Trata-se de uma especialidade produzida com salmão, por dentro e por

fora. “Usamos pouco arroz e o recheio é feito com salmão, cebolinha e

cream cheese”, explica Souza, há 17 anos na profissão. Nas fotos, o prato

foi feito com a alga, mas a ausência dela não muda o sabor.

“Vale ressaltar que a opção da alga é do cliente. O salmão também pode

ser substituído pelo atum e ser recheado com camarão ou outro ingredi-

ente”, explica o sushiman, que não diz seu primeiro nome. “Esse prato é

bastante pedido aqui no balcão”, garante. Aproveite e faça suas combi-

nações. Quem sabe você não virá o próximo sushiman?



Escrito por Colecionadora de Receitas às 18h58
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA XXXXII

Saint Peter - fácil e saboroso

Para preparar essa entrada, você vai precisar da barriga

ou lombo do peixe Saint Peter...

...cebolinha, cebola roxa, pimenta-dedo-de-moça, azeite,

vinagre, limão, laranja e shoyo

Sobre o peixe, acrescente a cebola roxa bem picada

Agora é a vez da pimenta bem picadinha!

Para deixar com uma cor ainda mais bonita, coloque a cebolinha

Para finalizar, acrescente azeite, molho de limão, laranja,

vinagre e um pouco de shoyo.

 

Aprenda a fazer uma deliciosa entrada sem usar fritura.

 

Quem frequenta festivais japoneses há algum tempo, já está acostumado

com a pergunta do garçom: “vocês vão querer a entrada? Posso trazer guioza,

rolinho primavera e shimeji?”. Experimente essa entrada deliciosa e light -

Saint Peter. Pense nessa entrada fria para servir também como um aperitivo. 

 

Ingredientes:

a barriga ou lombo do peixe Saint Peter, cebolinha,

cebola roxa, pimenta-dedo-de-moça, azeite, vinagre,

limão, laranja e shoyo.

O peixe, caso você não encontre, pode ser substituído

pela tilápia.

 

Bom apetite!

 



Escrito por Colecionadora de Receitas às 18h26
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA XXXXI

Banana com Saquê

Separe os ingredientes: 1 banana nanica,1 colher de sopa

de manteiga, ½ dose de saquê, um copo de suco de laranja,

uma pitada de canela, 1 colher de açúcar, sorvete de creme

Coloque a banana nanica já cortada no meio na frigideira

com a manteiga

Acrescente o saquê e comece a flambar. Muito cuidado

para não queimar a mão com o fogo!

Acrescente o suco de laranja e continue mexendo com cuidado

Coloque duas bolas de sorvete no prato

Acrescente as duas partes da banana nanica, uma de

cada lado das bolas de sorvete, e jogue a calda sobre elas

Acrescente a canela e sirva ainda quente

 

Será muito difícil resistir a essa sobremesa!

 

Mesmo que ela faça parte de um rodízio, não é nada fácil encarar

uma sobremesa dessa, depois de temakis, sushis e hot rolls. Mas,

se você tem aquela formiguinha de plantão, não vai conseguir

resistir a essa delícia.

Nenhuma fruta é mais brasileira que a banana. Assim como nen-

huma bebida alcoólica é mais japonesa do que o saquê. A ideia foi

unir o útil ao agradável e flambar a fruta com a bebida. O resulta-

do você pode conferir na sua casa. Por tanto, nada de exagerar nos

temakis! Essa banana vale um espaço na sua refeição.

 

 



Escrito por Colecionadora de Receitas às 18h09
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA XXXX

Saiba fazer um sashimi especial

Corte a parte grossa do salmão em fatias

Coloque o azeite no prato e coloque as fatias cortadas

do salmão. Prepare-o para flambrar

 

Frite a parte de cima do salmão com auxílio de um maçarico

O lado contrário do peixe fica cru e ajuda a dar o sabor especial

Após fritar a parte de cima acrescente o gergelim, a cebolinha

e uma pitada do molho tarê.

 

Fácil e rápido, aprenda a fazer um Sashimi Tropical.

A culinária japonesa já comprovou que seu alimento é saboroso e

repleto de benefícios. Para os ‘frequentadores de plantão’, os restau-

rantes buscam alternativas para fidelizar o cliente que não resiste

ao peixe cru. Criar algo novo é uma maneira de não perder o cliente

e de ganhar novos frequentadores.

Foi o que fez o sushiman Edgar Junior, do japonês Ikebana.  Ele inven-

tou um prato chamado Sashimi Tropical. Trata-se de um sashimi que

leva, além do molho tarê e alguns condimentos, a ação de flambar. Assim,

ele não fica completamente cru, o que pode agradar quem ainda está ini-

ciando nessa culinária.

O prato leva salmão, azeite, cebolinha, gergelim

e molho tarê. A intenção surgiu principalmente

para aqueles clientes que ainda não comem peixe

cru. Como uma parte é frita e apenas a outra é crua

fica mais fácil a transição para a verdadeira culiná-

ria japonesa.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 17h51
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA XXXIX

Urumaki com Couve

 

Enrole o arroz com gergelim na alga

Coloque sobre o arroz com gergelim uma folha de alga

Pegue o skin misturado com o cream cheese e coloque sobre a alga

Enrole os ingredientes na esteira

Retire o rolo da esteira e prepare para cortá-lo em pedaços redondos

Deixe os pedaços sobre um prato ou travessa

Acrescente a couve frita sobre o uramaki skin

Acrescente o molho tarê e enfeite com frutas. Para esse

prato, o sushiman escolheu o limão.

Urumaki com couve é aposta para agradar os mais resistentes.

Os números não mentem. Pesquisas recentes mostram que os restauran-

tes japoneses aumentam a cada dia no país, batendo inclusive as tradi-

cionais e (ex) imbatíveis churrascarias. Mas, mesmo com várias provas

de que a culinária japonesa é muito saudável, saborosa e de fácil diges-

tão, ela ainda sofre muita resistência dos que temem pelo peixe cru.

 

Por isso, os sushimans sempre elaboram algum prato que faça com que

o cliente comece a perder o medo da culinária de um povo milenar.

O acréscimo da couve frita deixa o prato muito crocante e saboroso.

Para quem quer provar, mãos – e couve - à obra!

Ingredientes:

arroz japonês, alga, skin, gergelim, cream

cheese, couve, molho tarê e limão.

 

 



Escrito por Colecionadora de Receitas às 16h52
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA XXXVIII

Hot Roll - O enrolado empanado

Coloque a massa de rolinho primavera (pode ser de pastel!)

sobre um balcão ou recipiente plano

Corte o filé de salmão em diversas tiras

Coloque tiras de salmão sobre a massa

Acrescente o cream cheese sobre as tiras de salmão

Acrescente o shimeji sobre o cream cheese e o salmão

Enrole tudo de forma que vire um canudo

Após fritar, corte o canudo em duas partes

Corte cada parte em pequenas rodelas no formato hot holl

e coloque em um prato. Acrescente a cebolinha e o molho

tarê e sirva ainda quente.

 

Parece mentira, não é? Mas pode acreditar. Já inventaram até

um hot holl de shimeji. Nada mais justo. Afinal, seria loucura

resistir a dois dos mais queridos e admirados pratos da culiná-

ria japonesa.

 

O hot holl é famoso pelo seu sabor e o toque de molho tare, que

deixa esse prato docinho. Para quem ainda não encara peixe

cru, ele é ótima opção, pois é frito e a casquinha que o envolve

é bem crocante. É difícil não gostar.

 

Já o shimeji é o cogumelo mais saboroso dos festivais. Caso você

faça parte do time que não vai a um festival sem saborear esses

pratos não vai conseguir passar batido por esse hot holl de shimeji.

E o melhor: dá para fazer em casa

 

Ingredientes:

filé de Salmão, cream cheese, massa de rolinho primavera, cebolinha,

molho tarê e shimeji. 

 



Escrito por Colecionadora de Receitas às 16h33
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA XXXVII

Hot Roll - O enrolado empanado

Os brasileiros adoram a culinária japonesa. Mais do que isso,

adoram adaptá-la. A principal adequação está relacionada

ao sabor. A culinária japonesa, em geral, tende a ser mais doce,

característica que precisou ser alterada para atender ao público

 brasileiro.

Em alguns casos, o modo de preparo também ajuda na aceitação.

Um exemplo disso é o hot roll, o enrolado empanado. A porção tor-

nou-se a mais vendida do cardápio dos principais restaurantes do

país.

E, muitas vezes, é este roll o responsável por apresentar a comida

japonesa aos iniciantes. Quem ainda sente resistência em comer o

peixe frio, mas sente vontade, começa com as versões quentes até o

paladar acostumar aos novos sabores. É o caso do tradicional roli-

nho de peixe, que na versão adaptada virou um empanado e ganhou

o nome de hot roll

Trata-se de um enrolado tradicional, composto por alga, arroz e sal-

mão. Alguns restaurantes fazem acompanhados por kani e/ou cream

cheese também. A diferença está na preparação, pois a alga é empa-

nada na massinha do tempurá, que vai para a frigideira.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 16h13
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA XXXVI

Tofu - o queijo discreto e saudável

Pensa em um quadradinho branco, estranho e gelado. Pensou?

O nome dele é tofu. Trata-se do queijo de soja. Esse pequeno ali-

mento é alvo de muitos preconceitos, mas acrescentá-lo a alimen-

tação pode ser uma boa alternativa. Entre todos os produtos deri-

vados da soja, ele é o mais consumido em toda a Ásia Oriental.

Sua origem se deu na China, há 2.000 anos. Hoje, é feito em quase

40 mil fábricas no Japão. No Brasil, ganhou a mesa não só dos vege-

tarianos, mas dos amantes da cozinha oriental.

De sabor adocicado, é feito a partir do feijão da soja, água e um coagu-

lante natural, feito por sal mineral concentrado. É o único desses ali-

mentos de alto valor protéico que apresenta pouca quantidade de calo-

rias, quase nenhuma gordura saturada e total isenção de colesterol.

Por isso, caso o leite de vaca passe longe da sua mesa, o tofu é a melhor

alternativa como fonte de proteína e ferro. Na mesa, a versatilidade des-

se discreto alimento, que tem o gosto muito semelhante ao queijo, também

é lembrada. São inúmeras as possibilidades de consumi-lo: cru, cozido, gre-

lhado, frito, doce ou salgado.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 15h55
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA XXXV

Sakê - a bebida das festas japonesas

Conheça detalhes sobre o delicioso saquê.

 

Quando se pensa em bebida japonesa, é quase impossível não pensar no saquê.

Trata-se de uma bebida fermentada tradicional do Japão. Sua fabricação se dá

pela fermentação do arroz. Pode ser ingerida quente ou gelada. No arquipélogo é

consumido em grandes comemorações, como Ano Novo e cerimônias de casamento.

No Brasil, a bebida ficou muito conhecida por se tornar uma opção para a caipirinha. 

 

Existem em torno de 1.600 fabricantes de saquê no Japão. No Brasil, a bebida também

é produzida. Grandes variedades de saquês brasileiros e japoneses podem ser encontrados

em lojas no bairro da Liberdade, em São Paulo.

 

Para os japoneses, a melhor temperatura para se consumir o saquê é 35º C, pois nesta tempe-

ratura se percebe melhor seu sabor e suas caracteristicas. Quando aquecido, a uma tempera-

tura de até 45º C, o saquê é conhecido por kan . Torna-se encorpado e adquire um sabor acen-

tuado de melão.

 

Mas pode ser bebido em temperaturas superiores ou inferiores, de acordo com a estação do ano.

No Brasil, é muito comum ser servido gelado, acompanhado por uma fileirinha de sal às bordas

do copo de madeira, chamado de masu. Quando resfriado, o saquê é conhecido por higa.

 

Quente ou gelado, sabe-se que o saquê que conhecemos é muito diferente do fabricado no

passado. A descoberta do fermento aumentou a graduação alcólica, e a 2ª Guerra Mundial

também alterou sua receita. Sorte a nossa, pois a caipirinha de saquê é uma delícia! A escas-

sez de arroz naquele período forçou os fabricantes a buscarem alternativas para aumentar a

fermentação utilizando menos arroz.

 

No Japão, o termo saquê é mais abrangente e pode significar qualquer bebida alcoólica, distin-

guindo-se frequentemente a bebida japonesa que conhecemos como saquê, “nihonshu” (literal-

mente saquê do Japão) ou “seishu”.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 15h48
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA XXXIV

Uma iguaria Peruana no Oriente - Pratos Exóticos

Tiradito de Tilápia

Existe um corte especial para esse peixe. Se você não

tiver prática, prefira comprar o filé pronto

Para esse prato, que rende duas porções, você vai utilizar

¼ da tilápia

Ela precisa estar bem limpinha...

... para depois virar saborosos sashimis

Se você tiver prática, use a criatividade

Corte ½ pepino em tiras bem finas, que serão usadas

na decoração

Corte metade de uma cebola roxa. Ela é essencial ao prato

 Pique deixando os pedaços bem pequenos

Corte uma pimenta dedo de moça em pequenas tirinhas.

É recomendável não exagerar neste ingrediente

Para a decoração foi usada alface e repolho para manter

a estrutura da flor de tilápia

Distribua os ingredientes pelo prato. Tempere com limão,

azeite e condimentos de sua preferência

Pronto! Seu prato peruano com cara de japonês já pode

ser servido... É muito leve e refrescante!

Pratos exóticos são opções criativas do cardápio japonês

A variedade de ingredientes e o modo de confecção do prato fazem da cozinha japonesa uma das mais ricas do mundo. Sushimans precisam tirar proveito da criatividade e da versatilidade. Desenvolvem técnicas tão sutis de preparo e cozimento dos alimentos que transformaram sua cozinha em uma das mais refinadas do mundo. E por que não, exóticas?

Ingredientes: 

- tilápia
- cebola roxa
- cebolinha
- pimenta dedo de moça
- cenoura
- azeite
- limão



Escrito por Colecionadora de Receitas às 15h33
[] [envie esta mensagem] []



CULINÁRIA JAPONESA XXXIII

Romeu - Pratos Exóticos

Picante por fora e refrescante por dentro. Uma delícia.

Passe um pedaço inteiro de atum e outro de salmão no

gergelim;

Semi-grelhar os pedaços de peixe, para que o gergelim

não se solte

É importante não grelhar totalmente para que a parte

do meio continue crua

Corte o salmão em fatias grossas

O atum também deve ser fatiado com um dedo de espessura,

aproximadamente

Arrume em um prato todas as fatias

Separe o molho picante tailandês. Caso não encontre

o molho é possível substituir pelo tarê

Bata no liquidificador o gengibre. Pique bem a cebolinha

e misture, batendo com a faca a cebolinha e o gengibre batido

Coloque um pouco da mistura de gengibre e cebolinha

por cima das fatias

Despeje o molho picante por cima de forma generosa

Pegue uma folha de couve e retire o caule

Enrole a folha

Pique em fatias finas toda a folha de couve

O óleo deve estar quente o suficiente para não murchar

a folha. Mas é preciso tomar cuidado com a temperatura

muito alta, para não queimar a couve

Deixe fritar a couve por poucos minutos

A verdura deve ser retirada do óleo quando estiver crocante

Coloque a couve frita por cima do prato

E o Romeu está pronto

 

Conheça essa delícia exótica de dar água na boca

Couve combina com sashimi? Combina sim. E o nome dessa combinação

exótica e original é Romeu. É uma mistura de salmão e atum, com gergelim,

coberto com um molho picante. O toque final fica pela originalidade da couve

que mais uma vez surpreende por ser frita e não refogada, como a maioria prepara.

 Hummm, ficou com água na boca?

Então não desista de provar esse prato delicioso de sabor inconfundível. A montagem

não é tão complicada para um prato tão exótico. E o único segredo é o molho picante

de origem tailandesa. É bem fácil encontrar o molho em algumas redes maiores de

supermercados.

 

Ingredientes:

- Salmão;

- Atum;

- Gergelim torrado;

- Couve;

- Gengibre;

- Cebolinha;

- Molho picante tailandês ou molho tarê.



Escrito por Colecionadora de Receitas às 14h58
[] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]